Como Funcionam as Contas Universitárias

Não é por acaso que os bancos apostam nos estudantes universitários. A ideia é fisgá-los desde cedo com tarifas atraentes para mantê-los clientes da instituição depois que estiverem formados e com a carreira profissional em andamento. Seguindo essa lógica, os principais bancos brasileiros oferecem contas universitárias com vantagens exclusivas para o jovem que está cursando um curso superior, mesmo que ele não tenha renda.

Se você se enquadra nesse perfil, vale a pena conhecer um pouco mais sobre os benefícios e funcionamento da conta universitária para aqueles que estão em um curso de graduação ou pós-graduação.

A conta universitária é igual a uma conta corrente?

Sim, a conta universitária funciona como uma conta corrente comum. A diferença é que o pacote de serviços tem tarifas menores que a de outras cestas tradicionais. Dito de outro modo, o que distingue o pacote universitário são os custos da conta e dos serviços disponibilizados pelo banco. De um modo geral, o cliente universitário terá acesso a um cartão múltiplo para movimentação da conta com possibilidade de uso no crédito ou no débito.

Ele também poderá usar seu saldo para realizar pagamentos, transferências, saques, aplicações e outras transações. Em algumas instituições, o acesso ao crédito, como empréstimos e financiamentos, pode ser limitado por causa da não comprovação de renda. Fora isso, praticamente todos os serviços são oferecidos aos estudantes por meio da conta universitária.

Ter uma conta universitária abre várias possibilidade financeiras

Ter uma conta universitária abre várias possibilidade financeiras

A melhor conta universitária

Como dissemos, quase todos os bancos têm contas universitárias disponíveis. Por isso, o estudante que está interessado em adquirir uma conta deve comparar o que é oferecido por cada instituição. Não é possível dizer qual é a melhor conta, pois isso vai depender das necessidades de cada universitário. Quando eu abri uma conta universitária, há muitos anos, escolhi o banco por onde eu poderia receber minha bolsa de iniciação científica. Nesse caso, mesmo que outras instituições oferecessem condições mais vantajosas, a escolha dependia da minha necessidade específica naquele momento.

Para acertar na escolha, o melhor é listar suas prioridades, ou seja, pensar naquilo que é mais importante para você. Será que você precisará de um empréstimo? Você usará um cartão de crédito internacional? O banco tem algum tipo de parceria com a universidade onde você estuda? Todas essas questões podem ajudar na decisão.

Comparação entre bancos

Para que você possa escolher com base em dados mais consistentes, veja o que é oferecido por cada um dos principais bancos brasileiros.

Banco do Brasil

Banco do Brasil

O Banco do Brasil disponibiliza a BB Conta Universitária. Nessa modalidade de conta, o estudante tem acesso a vários serviços, além de cartão de crédito e cheque especial. Para maior segurança, o banco envia uma mensagem de texto para o celular do cliente sempre que forem feitas transações com valores maiores. Esse serviço tem custo mensal de R$3,50 mas é gratuito nos seis primeiros meses para os clientes da Conta Universitária. O correntista universitário também tem a possibilidade de customizar os seu cartão.

Após a formatura, o aluno poderá aproveitando os benefícios por até 1 ano. A tarifa mensal para uso da conta é de R$3,80 por mês. O limite de crédito oferecido é de até R$800, dividido entre o cheque especial (máximo de R$200) e o cartão de crédito. No primeiro ano de uso, o Ourocard Internacional Univestário não tem anuidade. Depois desse período é cobrado R$45 a cada ano, em parcelas debitadas na fatura.

Bradesco

Bradesco

A Conta Universitária do Bradesco é totalmente gratuita nos primeiros seis meses de uso após a contratação, o que pode ser bem interessante para o estudante. Passado esse período, o banco cobra uma taxa mensal de R$4,15 para a manutenção da conta. Esse valor, caso o cliente queira, poderá ser revertido em crédito para o celular em uma empresa de telefonia parceira (Oi, Vivo e Claro). Para tanto, basta se registar no internet banking e solicitar a conversão.

Um diferencial do Bradesco em relação ao Banco do Brasil é a maior oferta de crédito para estudantes. O Bradesco disponibiliza linhas de financiamento para cursos especiais, como MBA e pós-graduação. O crédito também pode ser usado para cobrir gastos com idas a congressos, compra de livros ou aquisição de material didático. Os juros para essas linhas de crédito são a partir de 2% ao mês.

Devido a uma parceria entre o banco e a Microsoft, vários programas podem ser adquiridos gratuitamente pelo universitário que tem conta no Bradesco. Com relação ao cartão de crédito, a primeira anuidade é gratuita. Nos anos seguintes, a cobrança equivale a metade do custo para outros cartões semelhantes.

Caixa Econômica Federal

Caixa

A Caixa Econômica Federal também oferece uma conta  especial para estudantes: a Conta Universitária da Caixa. Em comparação com outros bancos, os serviços especiais para universitários são bem reduzidos. O principal diferencial é taxa mensal de manutenção da conta, que é gratuita nos três primeiros de uso e depois passa a custar R$3,45. Esse valor é mantido até 1 ano depois da formatura, sendo reajustado caso o cliente tenha interesse em manter a conta.

Sempre que o estudante realizar saques acima de R$100 e pagamentos no cartão de crédito acima de R$50, o banco enviará um SMS informando sobre a transação, garantindo mais segurança para o cliente.  Os limites de crédito ficam restritos ao cartão de crédito e ao cheque especial, como no Banco do Brasil. Para o cheque especial, o limite é de até R$400. Já para o cartão de crédito internacional, o limite é de até R$700. A anuidade não é gratuita no primeiro ano, mas tem desconto de 75%. Nos anos seguintes a tarifa é cobrada integralmente, porém com custo inferior à média praticada pelo mercado.

Itaú

Itaú

A MaxiConta Universitária, oferecida pela Itaú Unibanco é outra opção para os estudantes universitários. O principal diferencial é a taxa reduzida para compra e venda de ações. Assim, o aluno que quiser ingressar na vida de investidor logo cedo terá a possibilidade pagar somente R$5 de taxa de corretagem para cada operação realizada.

Além disso, o banco também tem parceria com vários cinemas, museus, parques e outros estabelecimentos de entretenimento, dando descontos de 50% para ingressos comprados com o Itaucard (a promoção vale para qualquer cliente e não só para estudantes). A tarifa de manutenção da conta é gratuita nos seis primeiros meses de uso. Após esse período, a taxa vai para R$4,20 ao mês. A validade da tarifa reduzida é até a data da formatura, conforme previsão feita na contratação.

O limite de crédito disponível para estudantes é de até R$1000, divididos entre cheque especial e cartão de crédito. A primeira anuidade do cartão é gratuita. Nos 5 anos seguintes, o valor equivale a 50% do custo de outros cartões semelhantes. Para o Itaucard Mastercard, a anuidade é de R$65 para estudantes e R$135 para os demais clientes.

Santander

Santander é famoso por suas ações junto a estudantes, como os programas de bolsas para a intercâmbio. A empresa também oferece uma conta especial para os universitários: a Conta Combinada Universitária FIT.

A cesta de serviços da conta pode sair gratuita, desde que o cliente realize pelo menos duas operações financeiras por mês e utilize o cartão de crédito mensalmente. Do contrário, é cobrado uma tarifa de R$33 pelo simples uso do conta, o que pode ser bem desvantajoso para estudantes que não costumam movimentar a conta com frequência. A anuidade do cartão de crédito também pode ser isenta. Para tanto, é preciso que o cartão seja usado pelo menos uma vez a cada mês. A tarifa em meses sem uso é de R$17.

Santander

O limite de crédito total é de R$900, divididos entre o cartão de crédito e o cheque especial. Uma vantagem em relação ao cheque especial são os 10 dias sem juros todos os meses. O banco ainda oferece linhas de crédito pessoa com prazo de até 90 dias para pagamento da primeira parcela e títulos de capitalização especiais para estudantes.

O estudante com conta no Santander não paga nada para ter acesso à Carteirinha Mundial de Estudante ISIC. Recentemente, o banco lançou um cartão exclusivo com tecnologia de pagamento por aproximação, em parceria com a Mastrcard. Com esses cartões, é possível comprar apenas aproximando o cartão da maquininha, sem necessidade de senha.

Como abrir uma conta universitária?

Abrir uma conta universitária não é algo muito complicado. Depois de decidir o banco no qual você manterá a conta, basta escolher uma agência, de preferência localizada perto da sua casa ou do lugar onde você estuda e conversar com o gerente sobre o interesse na assinatura do contrato. Aproveite esse momento para perguntar ao profissional sobre as vantagens, tarifas e outras informações úteis sobre a conta universitária. Após a assinatura do contrato, a conta é liberada na hora.

O cartão pode levar um tempo para ser emitido e geralmente é enviada ao cliente bloqueado no endereço informado em seu cadastro. Mesmo assim, o estudante já pode fazer depósitos, receber valores e usar a conta de diversas formas assim que efetuar a abertura da mesma.

Documentos necessários

Os documentos exigidos pelos bancos costumam ser os mesmos:

  • CPF e RG;
  • Comprovante de endereço atualizado;
  • Comprovante de matrícula ((boleto de mensalidade, carteirinha de estudante ou atestado emitido pela universidade);
  • Autorização dos pais caso o estudante seja menor de idade.

Leitura do contrato

É muito importante que o estudante leia atentamente ao contrato feito pelo banco antes de assiná-lo. Se for o caso, diga ao gerente que você levará o documento para a casa par ler com mais cautela. Pergunte a ele quaisquer dúvidas que tenham surgido com a leitura e só assine se concordar com tudo o que está escrito. O banco é obrigado a dar uma cópia ao cliente. Ela deverá ser guardado com todo o cuidado pois servirá como comprovante caso haja qualquer problema com a instituição.

Os estudantes devem aprender a poupar desde cedo

Os estudantes devem aprender a poupar desde cedo

Tarifas e Outras Vantagens

O grande diferencial da conta universitária são as tarifas. Enquanto o aluno estiver matriculado, ele terá acesso a taxas reduzidas e muitos serviços gratuitos, lembrando que os bancos podem exigir que o cliente comprove que ainda está estudando. Em muitos casos, os custos menores são mantidos por até 3 anos depois da formatura, o que pode ser uma grande vantagem. Como não é necessário comprovar renda para abrir a conta, o estudante acaba aproveitando serviços que normalmente não são disponibilizados para clientes sem renda comprovada.

Veja as principais vantagens

  • Vários bancos oferecem limite de crédito no cartão, cheque especial ou para empréstimos sem comprovação de renda;
  • As principais tarifas, como o custo da cesta de serviços, os juros e a anuidade do cartão de crédito são menores nas contas universitárias;
  • Algumas instituições têm parcerias com cinemas, lojas e vários outros estabelecimentos, oferecendo descontos especiais para os estudantes;
  • O cartão de crédito vinculado à conta costuma ser do tipo internacional para que o estudante tenha a oportunidade de usá-lo em viagens internacionais e intercâmbios;
  • Todas essas vantagens podem ser mantidas durante algum tempo após a formatura, permitindo que o universitário se estabeleça no mercado.

Vale a pena ter uma conta universitária?

Sim. A conta universitária é boa porque custa menos que uma conta corrente comum e oferece vantagens especiais aos estudantes. Se você está matriculado ou vai se matricular em uma faculdade, vale a pena começar a olhar o que é disponibilizado pelos bancos, mesmo que você não tenha uma fonte de renda. Em breve, é possível que você comece a fazer parte de um grupo de pesquisa ou se torne estagiário, tornando a conta bancária  necessária.

A única observação é que os serviços bancárias devem ser usados com responsabilidade e maturidade. Como a renda do estudante é baixa ou inexistente, o risco de endividamento se torna maior.

O cartão de crédito, o cheque especial e outras linhas de crédito devem ser evitados pelo estudante que não tem qualquer tipo de renda mensal. Para aqueles que recebem algo, é fundamental pensar em uma poupança ou outra forma de aplicação para guardar parte do dinheiro recebido. Nesse momento da vida, o jovem tem a possibilidade de aprender a cuidar bem das próprias finanças e essa chance deve ser aproveitada da melhor maneira possível.

[/caption]

Comentários
  1. Carolina
    • Flávio
  2. Vítor
    • Flávio
  3. Wesley
    • Flávio
  4. Thaiany
    • Flávio
  5. Rosangela
    • Flávio
  6. mariza
    • Flávio
  7. Carolina
    • Flávio
  8. Taviana.areal@gmail.com
    • Flávio
  9. Ana
    • Flávio
  10. Maria
    • Flávio
  11. Renato
    • Flávio
  12. solange
    • Flávio
  13. rafaela silva
    • Flávio
  14. Patricia
  15. Lucas vincenzi orsatti
    • Flávio
  16. Simone
    • Flávio
  17. Daniel
    • Flávio
  18. Cynthia
    • Flávio
  19. Lucas
    • Flávio
  20. Patrícia
    • Flávio
  21. Raphaella
    • Flávio
  22. Sandra
    • Flávio
  23. Luciluzi
    • Flávio
  24. Hamilton
    • Flávio
  25. Guilherme
    • Flávio
  26. Arthur
    • Flávio
  27. Helio
    • Flávio
  28. Jonas
    • Flávio
  29. Alana
    • Flávio
  30. Nayara
    • Flávio
  31. Aline
    • Flávio
  32. Layla
    • Flávio
  33. Arielle
    • Flávio
  34. jorge
    • Flávio
  35. eduardo souza
    • Flávio
  36. Giovana
    • Flávio
  37. Leonardo
    • Flávio
  38. Ariadny
    • Flávio

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *