O que significa Depósito Bloqueado?

Os prazos de compensação de depósitos em contas bancárias estão entre as principais dúvidas dos consumidores em relação aos processos dos bancos. Ao enviar um valor para uma conta, por meio de transferência, depósito ou pagamento, a quantia passa por um procedimento de conferência do próprio banco, para se certificar que os valores realmente correspondem e estão disponíveis como afirma o depositante.

Durante esse tempo, o dinheiro fica reconhecido no extrato da conta como depósito bloqueado. Mas você sabe o que significa esse termo e o que acontece caso ele não seja liberado?

Compensação bancária e bloqueio de valores

Em resumo, a compensação bancária é o período em que o processo de conferência de valores e dados de um depósito está sendo realizado. Se tudo estiver certo, a instituição libera o pagamento ao beneficiário. Isso acontece porque é necessário seguir as regras de liquidação e transferência de fundos, que são ditadas e regulamentadas pelo Sistema de Pagamentos Brasileiro, o SPB. Durante esse tempo, o cliente pode conferir no extrato se o depósito foi feito com sucesso, mas é impossível sacá-lo, pois ele estará bloqueado.

Para saber quanto tempo irá demorar até que o dinheiro seja liberado para o uso, basta observar a letra D+, seguida de um número. Esse código indica em quantos dias úteis a avaliação será finalizada. Por exemplo, se houver um D+2, significa em dois dias úteis a quantia será liberada, se tudo estiver correto. D+0, significa o próprio dia, enquanto D+1 será no dia seguinte e D+3, três dias úteis a frente.

Depósito bloqueado de cheque

O pagamento por meio de cheque não é muito bem vindo entre os comerciantes e o motivo é justamente que ele pode ficar como depósito bloqueado por muito tempo (sem contar que os riscos são muito maiores). Apesar de hoje em dia a compensação ser muito mais rápida e com pouca burocracia, o cheque exige que seja feita uma conferência em outra conta, para verificar se o dinheiro realmente está disponível ou se trata de um pagamento falso.

O depósito bloqueado, no que diz respeito a cheques, costuma ficar dessa forma durante até 72 horas após seu envio. Hoje, já existem tecnologias de imagem digital e outros recursos que agilizam o processo, mas todos eles exigem uma conferência detalhada por parte do banco que verifica se há fundos disponíveis na conta de origem além da originalidade do cheque. O prazo pode ficar ainda maior se a transação for entre bancos diferentes, pois cada um tem seu processo distinto de conferência.

Dinheiro bloqueado em conta corrente

Dinheiro bloqueado em conta corrente

Prazos de depósito bloqueado

Além da compensação de um cheque, outros tipos de transferência de valores podem acabar passando por uma etapa de depósito bloqueado. Um boleto bancário, por exemplo, que é uma das formas de pagamento mais utilizadas pelos brasileiros, tem um prazo de compensação de até 72 horas úteis.

Já no que diz respeito aos depósitos realizados na boca do caixa, o dinheiro cai na conta imediatamente e raramente fica marcado como bloqueado. Se for em dinheiro, o valor cai no mesmo dia, mas em cheque pode demorar até três dias úteis. Enquanto isso, os procedimentos realizados em caixa eletrônico em envelope demoram 24h, levando em consideração que ele deve ser feito antes das 16h, que é o horário em que o banco encerra suas atividades.

Fraudes

É importante ressaltar que o depósito bloqueado e seu tempo de compensação é algo necessário para a segurança de todas as partes envolvidas na negociação. Muitas vezes, pode até parecer que o banco está “enrolando” para não repassar o valor adiante, já que o depósito já foi realizado. Entretanto, é necessário conferir para evitar dores de cabeça ainda maiores.

O comprovante de depósito ou transferência é emitido para certificar que a transação foi feita. Entretanto, há ocasiões em que os cheques não tem fundo, as notas são falsas ou até mesmo o valor do envelope não corresponde com a quantia colocada dentro dele. O banco precisa se certificar de que está tudo correto, até mesmo para que o cliente tome as devidas providências no caso de um erro.

[/caption]

Comentários
  1. Roberto del rey
    • Flávio

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *