Empregado tem que fechar a conta salário? Veja o que fazer ao sair do emprego

A conta salário facilita o pagamento dos funcionários de uma empresa. Hoje em dia, a maioria dos empregadores prefere realizar o pagamento dos salários através de depósito em conta bancária. É mais prático e mais seguro. As vantagens são para o empregado e o empregador.

Este tipo de conta não tem cobrança de nenhuma tarifa, e não pode receber depósitos de outras pessoas, a não ser da empresa que paga o salário. A conta é aberta a pedido da empresa, normalmente através de uma carta entregue ao empregado. Esse, assim que for contratado, vai ao banco para fazer a abertura da conta, que é feita em seu nome.

Os bancos não podem se negar a abrir a conta salário, ou induzir o funcionário a abrir uma conta corrente ao invés dela. Uma vez que o empregado está com a carta de solicitação enviada pela empresa, significa que esta já fez um acordo com o banco, para que fossem abertas as contas salário.

Caso a empresa tenha um acordo com um banco para depositar nele o seu salário, mas você já tenha uma conta em outro banco, e deseje receber o seu salário por ela, poderá então solicitar uma portabilidade de salário (clique no link para saber como funciona e como solicitar a portabilidade).

Encerramento de Conta Salário

Como já foi dito, a conta salário é aberta pelo empegador, em nome do empregado, assim que ele é contratado. Durante todo o período em que o funcionário faz parte da empresa, ele recebe o seu salário através dessa conta. Se desejar, o cliente pode usufruir de empréstimos e financiamentos fornecidos pelo banco, e as parcelas são descontadas diretamente do seu salário.

E quando o funcionário se desliga da empresa, seja por conta própria, ou porque foi demitido? Como fica a conta salário?

Ao sair do emprego, confira se a conta salário foi cancelada

Bom, o correto é que a própria empresa faça o encerramento da conta. O empregador deve entrar em contato com o banco e solicitar o cancelamento, e não o empregado. E caso não haja esse contato, depois de três meses sem depósitos de salários realizados na conta, ela deve ser cancelada automaticamente pelo banco.

Como dito, esta conta não deve gerar nenhuma cobrança para o funcionário. Por isso, é muito importante ficar atento ao contrato, para ter certeza de que está abrindo uma conta salário. Já aconteceram casos do cliente pedir a abertura de uma conta salário, e o banco abrir uma conta corrente. O funcionário sai da empresa, acredita que a conta foi encerrada, enquanto ela na verdade, era uma conta corrente comum e continua gerando cobranças. Se a pessoa não tiver o hábito de olhar extrato e não confere se a conta foi cancelada, ela pode continuar gerando gastos durante anos, deixando um saldo negativo com o banco, que pode até causar a entrada do nome nos serviços de proteção ao crédito.

Sendo assim, o ideal, ao sair de uma empresa, é conferir se realmente a conta salário foi encerrada, para evitar maiores problemas no futuro.

Empréstimos e Financiamentos

Como foi dito anteriormente, esses serviços estão disponíveis na conta salário sob determinadas condições.

Por isso, se você solicitou um deles, ainda está pagando, mas se desligou da empresa, precisa combinar com o banco como será feito o pagamento dos valores devidos em caso de encerramento da conta. O trabalhador poderá pagar a dívida totalmente ou tentar continuar pagando as parcelas sem o desconto em conta. Essas regras vão depender de cada instituição e do contrato firmado no momento do empréstimo, mas o encerramento da conta-salário não pode levar o cliente a se endividar.

[/caption]

Comentários
  1. Dalva
    • Flávio

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *