Vale a Pena Ter Conta em Banco?

Quem tem conta bancária já deve ter tido algum tipo de dor de cabeça. Nesse tipo de situação, é comum que a gente se pergunte: será que não era melhor guardar o dinheiro embaixo do colchão? Ser correntista de qualquer instituição não é nada fácil, porque existe um conflito de interesses claro entre o seu bem estar financeiro e os desejos de lucro do banco. Além disso, o envolvimento com uma empresa pode ser complicado, ainda mais quando ela cuida de algo como o seu dinheiro.

É possível viver sem conta em banco?

A verdade é que apesar de todas as complicações é muito difícil viver hoje sem ter uma conta no banco. Essas instituições não são apenas lugares para se guardar dinheiro, uma vez que também oferecem uma série de serviços essenciais que vão desde a transferência de valores para outra pessoa até os investimentos mais complexos.

Com os avanços característicos da vida moderna, não utilizar esses serviços é quase impossível, ainda que exista uma grande parcela da população brasileira não bancarizada. A tendência é que, cada vez mais, até as pessoas mais simples venham a ter algum tipo de contato com o banco, pois o recebimento de salário, benefícios e outros pagamentos depende dessa relação.

Com isso, queremos dizer que é possível viver sem ter uma conta em banco, mas a falta do serviços bancários pode prejudicar a vida financeira. Mais do que isso, ter uma conta é algo que, se bem administrado, ajuda no controle do dinheiro e facilita o cotidiano de quase todas as pessoas. A questão é conhecer bem os serviços e tentar fugir das armadilhas bancárias.

A abertura de uma conta requer informação e consciência

A abertura de uma conta requer informação e consciência

Quais são as vantagens de ser correntista?

Algumas vantagens podem ser destacadas na contratação de uma conta corrente, tais como:

  • maior segurança ao guardar seu dinheiro;
  • possibilidade de controle de gastos;
  • acesso a investimentos;
  • facilidade nos pagamento com um cartão;
  • mais tranquilidade em transações financeiras como transferências e depósitos;
  • praticidade com o uso de caixas eletrônicos e banco online.

E as desvantagens?

É claro que nem tudo são flores e existem também desvantagens em relação à conta bancária. Algumas delas são:

  • pagamento de tarifas nem sempre conhecidas;
  • risco de endividamento com juros e outros encargos;
  • descontrole financeiro com acesso a empréstimos, cartão de crédito e cheque especial;
  • armadilhas financeiras como títulos de capitalização;
  • contratos abusivos;
  • dores de cabeça ao tentar cancelar um serviço.

Devo abrir uma conta no banco?

Diante das vantagens e desvantagens, o que sugerimos é que você não desista de ter uma conta bancária, mas procure sempre evitar o lado mais prejudicial. Para dar uma resposta direta, ainda que opinativa, vale sim a pena ter uma conta bancária, desde que você consiga aproveitar os benefícios sem entrar em grandes enrascadas.

Vale sempre lembrar que nenhum banco é “bonzinho”. Às vezes nos deixamos enganar por uma propaganda bonita ou um gerente simpático, mas, na verdade, essas empresas lucram muito às nossas custas. É preciso ter isso em mente para fazer valer os seus direitos e não dar dinheiro à toa para os banqueiros. Tenha sim uma conta corrente, mas jogando com o contrato ao seu favor. Do contrário, os custos são altos.

[/caption]

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *