Hiperfundo Bradesco é um bom investimento?

Viver do rendimento de seu próprio dinheiro é um sonho de muitas pessoas, afinal, não há muito o que fazer além de receber os lucros da quantia depositada. Essa é a proposta de vários bancos por meio de produtos parecidos com o Hiperfundo Bradesco, que além da proporcionar lucro facilitado, também vem divulgando diversas promoções onde os clientes podem ganhar prêmios como carros zero, por exemplo.

Apesar das promessas e benefícios facilitados, é importante ficar de olho em alguns fatores para ter certeza de que se trata de um bom investimento. Para não correr o risco de perder tempo e dinheiro, continue lendo este artigo sobre os fundos de investimento.

O que é um fundo de investimento?

Excetuando a poupança, os fundos são os tipos de investimento mais populares do Brasil. Trata-se de um mecanismo que reúne quantias de dinheiro de várias pessoas, que são os cotistas, com o objetivo de contratar um gestor para gerenciar o dinheiro investido, que nesse caso é um banco. O objetivo de cada uma das pessoas que participam é obter lucro a partir da aplicação desses valores no mercado financeiro.

O cotista aceita as formas de funcionamento desse fundo ao assinar o contrato, em que consta a aplicação, resgate e custos. Assim, ele faz um depósito para investimento e paga uma taxa de administração para que o banco coordene os processos e selecione onde o dinheiro será aplicado. Graças a um grande número de pessoas investindo pequenas quantidades, é possível aplicar os valores em produtos financeiros inacessíveis ao investidor comum, sem gastar muito.

O gestor do fundo: o Banco Bradesco

Ao colocar seu dinheiro em um fundo de investimento, você estará contratando profissionais para ficar responsáveis pelo gerenciamento do valor, controlar os riscos e gerar a rentabilidade, sem que você precise tomar qualquer decisão. A função deles é acompanhar o que está acontecendo com os recursos colocados e avaliar quais são as melhores opções de investimento e qual é o cenário favorável em relação aos acontecimentos do mundo econômico e político. Com base nessas informações, eles tem autonomia para decidir o que será feito com o investimento dos cotistas, sempre respeitando o que consta no contrato.

No caso do Hiperfundo Bradesco, os profissionais são funcionários do próprio banco. Normalmente, o cliente opta por esse investimento por já ter confiança com a instituição, que irá tomar conta e aplicar seu dinheiro. A escolha do gestor é extremamente importante, pois além de decidir como serão os processos, você também está selecionando a taxa administrativa que irá pagar pela prestação de serviço.

Os lucros podem até ser garantidos, mas é necessário tomar cuidado com quais e como as tarifas serão cobras para ter certeza que trata-se de um bom investimento, sobretudo em relação a outros tipos de aplicações como o Tesouro Direto e a tradicional Poupança.

As desvantagens do Hiperfundo Bradesco

Apesar de garantir um lucro de investimento bom, se comparado a outras formas como a poupança por exemplo, o Hiperfundo Bradesco falha no que diz respeito a administração e comunicação real do produto ao cliente. Apesar de oferecer diversas promoções para chamar a atenção dos clientes, como sorteios de carros e outros prêmios, e fisgar os mais empolgados com a promessa de lucro garantido, o sistema utilizado pelo banco deixa o cliente com lucro praticamente zero.

Hiperfundo Bradesco

Sorteios são uma das formas de persuadir o cliente a participar do Hiperfundo Bradesco

A taxa de administração é abusiva, se comparada com os concorrentes que oferecem o mesmo tipo de fundo de investimento. No contrato assinado pelos clientes, consta que há uma taxa de 4,5% ao ano, o que chega quase a atingir a mesma média de rentabilidade obtida pelos cotistas no mesmo período.

Os juros são pagos de acordo com o CDI, o que significa que você não terá uma porcentagem de rentabilidade fixa e garantida todo mês. Atualmente, com a crise financeira, esse problema tende a se agravar mais ainda, pois ela pode chegar a ser totalmente consumida pela tarifa administrativa do Hiperfundo Bradesco. De fato, nos últimos 5 anos a rentabilidade acumulada do fundo foi de 31,62% , no mesmo período o CDI variou 318,91%. Uma diferença enorme que não compensa nem vale a pena.

[/caption]

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *