Como ter um cartão de crédito com o nome sujo?

Usamos a expressão “nome sujo” para aquelas situações em que o consumidor acaba incluído em cadastros de inadimplentes. Quando isso acontece, o nome da pessoa fica publicamente atrelado à dívida, ou seja, qualquer loja, banco ou instituição financeira pode ter acesso à informação de que aquela pessoa deve.

Na prática, a inclusão em cadastros negativos com o SPC e o Serasa significa que o consumidor terá mais dificuldade para conseguir crédito na praça. Ao saber que aquela pessoa não pagou seus débitos, as empresas tendem a considerar que oferta de crédito para ela é mais arriscada, porque há mais chances dela não honrar com as prestações de um financiamento ou com a fatura do cartão de crédito, por exemplo.

No entanto, não existe nada que realmente impeça o inadimplente a conseguir um empréstimo, um financiamento ou mesmo um cartão de crédito. Aliás, diversas financeiras tem como público principal os endividados, porém com juros quase sempre maiores que os cobrados no mercado.

Com relação aos cartões de crédito, vale a mesma lógica. Uma pessoa que está com o nome sujo pode ter mais dificuldade para conseguir um cartão com juros baixos, mas existem sim opções liberadas para os inadimplentes.

Devo fazer um cartão de crédito?

Antes de pensar na possibilidade de fazer um cartão de crédito estando com o nome sujo, é fundamental analisar os riscos envolvidos nessa proposta. Afinal, uma pessoa que já tem dívidas pode entrar no efeito “bola de neve” do rotativo do cartão e tornar a pendência financeira ainda maior.

Por isso, é muito importante analisar: 1) a real necessidade de fazer um cartão de crédito estando com dívidas; 2) o quanto o cartão pode prejudicar o pagamento de seus débitos com outros credores.

Consideramos que o primeiro passo para quem tem um dívida é buscar quitar o valor devido. Isso pode ser feito por meio de uma renegociação do valor devido ou do uso de um empréstimo com juros menores que os da dívida em questão.

Somente depois que você quitar a dívida é que o cartão de crédito se torna uma opção. Ainda assim, é preciso ter em mente que o seu limite de crédito não integra a renda e que é preciso pagar o valor integral da fatura não não contrair novas dívidas.

O IbiCard Fácil é uma das opções de cartão de crédito para quem está negativado

IbiCard Fácil

Cartões de crédito para quem tem dívidas

Se depois de considerar sobre os pontos que mencionamos acima você ainda achar que vale a pena ter um cartão, existem algumas opções no mercado que não fazem consulta ao SPC ou Serasa. Veja algumas delas:

Cartões de Crédito Consignados

O crédito ou empréstimo consignado é hoje bem conhecido pelos brasileiros, porém o mesmo não acontece com os cartões de crédito da mesma categoria. Assim como no empréstimo, o cartão consignado desconta uma porcentagem do valor da fatura diretamente do salário ou do benefícios recebido mensalmente pelo titular. Por isso ele só pode ser solicitado por aposentados, pensionistas e funcionários de empresas que tenham parceria com a financeira que emitiu o cartão.

A Caixa Econômica Federal oferece uma opção de cartão consignado: o Caixa Visa Consignado. Além disso, existem o Consignado PAN Visa, o Agiplan Consignado, o Intermedium Consigado e o Consignado Bonsucesso. É preciso procurar essas instituições para saber se você tem direito ao cartão consignado e quais são as condições para solicitação.

Cartão de crédito sem análise de crédito

O mercado de cartões também tem opções especiais para quem está negativado. Esses cartões podem ser contratados sem análise de crédito, com maior facilidade para pessoas com o nome sujo. Porém, é preciso observar os juros e encargos cobrados pelas financeiras, porque esses produtos quase sempre custam mais caro.

Uma das opções mais conhecidas do mercado é o IbiCard Fácil, que requer um depósito em CDB para que o cliente tenha acesso ao crédito. Assim, ele funciona como um cartão pré-pago, porém com o diferencial do valor depositado oferecer rendimentos. O seu limite de crédito corresponde a 90% do valor depositado, sendo possível aumentá-lo com novos depósitos.

Outra opção é Agiplan DBC. Ele pode ser solicitado por negativados porque o valor da fatura é descontado automaticamente. Procure a Agiplan para saber se você pode solicitar o cartão e quais são as condições do contrato.

[/caption]

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *