DOC, TED e TEF: qual é a diferença entre as transferências?

A transferência entre contas é um dos serviços bancários mais solicitados. Ela pode ser usada por quem quer transferir dinheiro para a poupança, como forma de pagamento de bens e serviços adquiridos ou mesmo para ajudar um parente ou amigo em situações de necessidade.

Hoje em dia, existem várias modalidades de transferência. O cliente pode optar por fazer uma TED, que se destina às transferências de dinheiro entre instituições bancárias diferentes; um DOC, que também serve para transações interbancárias; e a TEF, mais comumente usada nas máquinas de cartão, mas que possibilita as transferências feitas em canais eletrônicos.

Diante de tantas opções, é comum que o cliente tenha dúvidas sobre qual das transferências é a mais indicada para as sua necessidades. Por isso, é importante conhecer melhor o funcionamento de cada uma delas.

DOC: Limite e Prazo de Compensação

O DOC (Documento de Ordem de Crédito) pode ser usado por quem quer transferir dinheiro para contas em outros bancos. Se você tem, por exemplo, uma conta no Banco do Brasil e outra no Itaú, é possível usar o o DOC para enviar dinheiro de uma para a outra. Existem duas modalidades de DOC: o tipo C, entre contas de titulares diferentes, e o tipo D, entre contas do mesmo titular.

Atualmente, o DOC tem um limite máximo fixado em R$4.999,99. Assim, só é possível usar essa modalidade de transferência se o valor a ser transferido não ultrapassar esse limite. Outro contra em relação ao DOC é o prazo de compensação, que é de 1 dia útil. Se você tem pressa, a TED pode ser uma opção mais adequada.

Conheça as transferências bancárias: DOC, TED e TEF.

Conheça as transferências bancárias: DOC, TED e TEF.

TED: Funcionamento e Características

A TED (Transferência Eletrônica Disponível) não passa pelo sistema de compensação dos bancos e, por isso, cai na conta de quem recebe na mesma hora. Além disso, essa modalidade de transferência não tem limite máximo nem limite mínimo (desde janeiro de 2016).

Assim como no DOC, existem dois tipos de TED: a tipo C, para transferências entre contas de titularidades diferentes, e a tipo D, quando as contas são do mesmo titular. Na hora de fazer a transferência, basta escolher a opção correta e informar todos os dados de quem irá receber o dinheiro: agência, número da conta, CPF/CNPJ e nome completo.

TEF: Máquina de Cartão e Transferência Bancária

A TEF (Transferência Eletrônica Financeira) corresponde a um sistema eletrônico de transferências por meio de cartões de crédito ou de débito. Hoje em dia, boa parte das máquinas de cartão que vemos no mercado usam o sistema TEF para que o valor de compras e pagamentos sejam transferidos para quem efetuou a transação.

Além disso a TEF também é usada quando fazemos transferências em canais eletrônicos, como caixas de autoatendimento, internet banking e aplicativos para celular. De um modo geral, os bancos usam a TEF para transferências entre contas do mesmo banco e a TED e o DOC para instituições diferentes. Para saber sobre a diferença de tarifas, é preciso consultar a tabela do seu banco. Porém, TED e DOC geralmente são mais caras.

[/caption]

Comentários
  1. camila
    • Flávio
  2. Liliam Silva Salles
    • Flávio
  3. luiz
    • Flávio
  4. Jobson Matheus
    • Flávio
  5. Ana kaline
    • Flávio
  6. Ana Luiza
    • Flávio

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *