Quais São os Prazos de Compensação Bancária?

Quanto tempo para um depósito cair em conta? Esta é uma dúvida bastante comum. Vários serviços bancários têm um prazo par que sejam realmente efetivados. O tempo varia conforme o tipo de transação, o que costuma deixar os usuários bastante confusos. Porém, é mais simples compreender os prazos do que a gente imagina. Tudo depende do sistema bancário, ou melhor, da compensação bancária.

Imagine que você colocou um cheque para depósito no envelope. O procedimento é eletrônico, ou seja, feito no terminal de autoatendimento, mas você já deve ter desconfiado que uma pessoa precisa conferir os dados e o valor do cheque antes de finalizar a transação, não é mesmo? Esse processo de conferência é chamado de compensação bancária.

Na prática, existem funcionários das instituições bancárias que atuam somente no sistema de compensação. Muitas vezes, esses funcionários trabalham em turnos na madrugada para garantir o cumprimento dos prazos. A função deles é verificar os dados da transação realizada para que ela possa ser efetuada com sucesso.

A compensação bancária é regulada pelo SPB – Sistema de Pagamentos Brasileiro. Por isso, o prazo para que cheques, depósitos, pagamento e transferências sejam compensados é o mesmo para todos os bancos. As variações dependem do funcionamento do sistema individual de cada instituição, mas elas precisam seguir todas as normas do SPB.

Conheça os prazos de compensação bancária

Conheça os prazos de compensação bancária

Como funcionam os prazo?

As instituições financeiras reguladas pelo SPB utilizam uma fórmula única para indicar o prazo de compensação: D + n. A letra “D” se refere ao dia em que a operação foi solicitada e “n” a quantidade de dias úteis necessários para a compensação.

É importante que você observe que o dia do depósito será sempre considerado. Isso significa que nenhuma transação que passe pela compensação bancária é finalizada instantaneamente. Assim, se o prazo o depósito em cheque no guichê é D + 3, você terá que esperar até 3 dias úteis após o dia do depósito para que o valor caia na conta.

Importante: para que uma transação caia no mesmo dia, é preciso que ela seja feita até 16h.

Quanto tempo leva para um depósito cair na conta?

O tempo necessário para que depósito caia na conta depende do horário em que o serviço foi feito e do tipo de transação. Veja:

  • O depósito em dinheiro feito no guichê de atendimento da agência cai imediatamente (D + 0);
  • O depósito em dinheiro feito pelo envelope cai no mesmo dia se for feito até 16h (D + 0) ou no dia útil seguinte se for feito depois do fechamento da agência (D + 1);
  • O depósito em cheque feito no guichê de atendimento da agência leva até 3 dias úteis após o dia do depósito para cair (D + 3);
  • O depósito em cheque feito no envelope também leva até 3 dias úteis para cair se for feito até 16h (D + 3) ou 4 dias úteis quando for feito depois do fechamento da agência (D+ 4).

Quanto tempo leva para uma transferência cair na conta?

O prazo das transferências também depende do tipo de serviço, lembrando que somente o DOC passa pelo sistema de compensação bancária. Veja:

  • A transferência entre contas da mesma instituição cai imediatamente (D + 0);
  • A transferência feita com DOC leva até 1 dia útil após o dia da transação (D + 1);
  • A transferência feito com TED cai no mesmo dia (D + 0).

Quanto tempo leva para um pagamento ser efetivado?

Se você já fez uma compra pela internet pagando com boleto, deve ter percebido que a loja leva um tempo para confirmar a venda. Isso acontece porque a compensação de boletos é um pouco mais demorada. Observe:

  • O pagamento com boleto leva até 3 dias úteis após o dia da transação para ser confirmado (D+3);
  • Já os pagamentos feitos com cartão de crédito são confirmados automaticamente (D + 0) ou em até 1 dia (D +1).
[/caption]

Deixe sua mensagem

Your email address will not be published. Required fields are marked *