O Que Fazer Se o CVV Está Apagado?

Conhecer o seu cartão, entender as informações impressas nele e também saber como protegê-lo são questões extremamente pertinentes. Atualmente, são aplicados diversos golpes que roubam os dados dos cartões e, depois, os utilizam para realizar compras ilícitas. Comumente, estes golpes visam capturar o CVV (Card Verification Value), que é o código de verificação do cartão. Ele é imprescindível para a realização de compras, e comumente é impresso na parte de trás do plástico.

Na maioria dos cartões, o CVV possui três dígitos, porém, em cartões American Express, este código é impresso na frente e possui quatro dígitos. Nas compras online, as lojas virtuais solicitam que sejam informado o código CVV, antes de finalizar a operação, substituindo a senha usada em lojas físicas.

Visto esta necessidade de utilização do CVV, ele deve estar sempre disponível para o titular do cartão. Porém, em diversas vezes, este código se apaga no plástico, visto que, para sua segurança, ele não é em relevo, sendo apenas impresso no material, diferentemente de outras informações. Nestas situações, em que o código se apaga, muitos podem ser prejudicados, por não o ter decorado. É preciso, então, comparecer a uma agência, com seus documentos, para solicitar a impressão de um cartão expresso, ou então solicitar outro pela Central de Atendimento.

CVV apagado, o que fazer?

Na maioria dos casos, os números CVV são formados por três dígitos mas, também, podem ter quatro dígitos, como no caso dos cartões American Express. Este código é utilizado para dar mais segurança aos indivíduos, que precisam o inserir para concluir compras e pagamentos online. O CVV é usado para evitar fraudes pois, apenas os que possuem este código podem realizar compras em lojas online. Logo, caso seja uma situação de fraude e o indivíduo não esteja com o cartão em mãos, ele não saberá qual o código CVV e, assim, não poderá prosseguir com a operação.

Para proporcionar ainda mais segurança, o código de verificação não é inserido em relevo no plástico, mas sim impresso neste, com tinta. Desta forma, ele não fica tão visível a terceiros, e pode ser até mesmo escondido com algum material. Ademais, o CVV não é registrado em nenhum outro local, além do cartão, e não aparece em recibos, após realizar compras com o cartão.

CVV

O CVV está localizado na parte de trás, comumente, dos cartões.

Como pode-se perceber, o código de verificação é muito importante e, por isto, deve estar sempre à mão do titular do cartão quando este desejar realizar uma compra online. Apesar de ser curto e de fácil memorização, muitas pessoas não se lembram do CVV, e, assim, precisam verificá-lo. Porém, em alguns cartões, devido ao uso e qualidade, o código acaba se apagando, até desaparecer completamente. E, como mencionado, quando o código de verificação é apagado, o titular do cartão pode se prejudicar.

Porém, não é preciso se preocupar, pois esta é uma situação de fácil resolução. Pode-se ligar para a Central de Atendimento e, então, solicitar um novo cartão, devido ao dano que o antigo sofreu. E, a outra opção é que o cliente, caso tenha urgência, comparece a uma agência, para a impressão de um cartão expresso.

Entretanto, é importante mencionar que, caso o indivíduo tenha gravado o seu CVV em sua memória, não é imprescindível que o cartão seja substituído, se o único dano existente neste seja isto. Se o plástico funcionar da mesma forma, realizando os pagamentos, não é necessário que seja emitido outro. Até mesmo porque, nestas situações, o próprio cliente irá pagar a emissão do novo cartão, o que será algo custoso.

Mas, é imprescindível que você não tente lembrar o CVV anotando-o em algum local, principalmente se este for óbvio. Este código deve ser protegido e, por isto, ele é somente impresso no cartão. O melhor método de não o perder, mesmo se a tinta se apague, é memorizá-lo.

[/caption]

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *