O que é Limite de Crédito Estourado? Dá para comprar?

Em tese você não pode utilizar mais que o limite do cartão de crédito, seu limite é o valor máximo a ser gasto e, mesmo que tente fazer uma compra para além do valor estabelecido pela operadora de cartão, ela será negada. Mas alguns cartões cobram uma taxa para liberar um limite emergencial quando se ultrapassa o limite. O valor extra liberado não pode ser previsto (dependerá da avaliação da operadora) e o uso deste limite frequentemente além de caro pode dar a impressão de descontrole financeiro.

Então, dizemos que quando se utiliza acima do valor estabelecido, diz-se que estouramos o limite de crédito. Ou, quando não conseguimos fazer uma nova compra com um cartão, então ele está sem limites ou com limite excedido.

O que é limite de crédito estourado? E qual a tarifa?

Dizemos que um cartão tem o seu limite estourado sempre que o valor do crédito que o banco concedeu é extrapolado. Imagine que seu cartão de crédito tem um limite de R$1.500,00, das quais foram gastos R$1.510,00. Nesse caso, o limite estourou em R$10,00. Ou seja, o limite estourado é quando se ultrapassa o valor estipulado pela administradora de cartões.

Quando isso acontece, é muito comum que as operadoras de cartões cobre uma tarifa, prevista no contrato conhecida como “Avaliação Emergencial de Crédito”. Este valor depende de seu banco ou administradora e será cobrado uma vez por fatura apenas, mesmo que você ultrapasse o limite mais de uma vez. Os valores partem de R$15,00 e costuma não ultrapassar os R$30,00.

O portador do cartão pode desativar este serviço, assim, não será cobrado de surpresa quando tentar efetuar uma compra acima do valor estipulado pelo limite. Além disso, saber que existe o Limite Emergencial de Crédito não é garantia de que seu limite extra será aprovado. Ele será analisado pela operadora e poderá ser negado. Não havendo limite emergencial ou tendo o pedido negado, sua compra não será efetuada.

O que fazer quando o limite estiver estourado?

limite do cartao estourado

Entenda como funciona o limite do cartão e o que acontece se estourar.

É preciso ter cuidado com o limite do cartão. Lembre-se que o cartão de crédito é, de certa forma um empréstimo, um crédito baseado na confiança que você irá pagar a fatura no fim do mês. Caso não cumpra, os juros são altos e poderá comprometer sua vida financeira como um todo. Portanto, lembre-se sempre de conferir seus limites de crédito e não estoure o limite a não ser por necessidade.

Se acontecer de ter o limite do cartão estourado, por um valor baixo, acredito que não terá problemas para quitar suas obrigações, uma vez que o valor deve ser compatível com seu orçamento e a tarifa de avaliação não irá pesar na fatura. Por outro lado, se excedeu seu limite em uma compra de valor alto e a vista, sem parcelamentos, então você deverá se planejar para efetuar este pagamento.

No geral, o mais interessante é pesar quais serão os juros cobrados pelo rotativo ou parcelamento da fatura do cartão e comparar com outras possibilidades, principalmente, tomar um empréstimo a juros mais baixos e com parcelas as quais poderá cumprir.

Jamais deixe a dívida rolar. Esperar pela boa vontade do banco para negociar é o pior que poderá fazer. Também não tente continuar utilizando o cartão de crédito para outras compras ou faça novas dívidas desnecessárias.

Por fim, se você precisa fazer uma compra acima do limite do cartão e pode honrar o compromisso, fazendo isso de caso pensado, lembre-se que a melhor alternativa é contatar a operadora de cartões antes da compra para evitar a tarifa de avaliação de crédito emergencial. Se já estourou o limite, mas sabe que poderá efetuar os pagamentos, apenas pague sua fatura em dia.

[/caption]

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *