Como funciona o Limite Parcelado para compras no Cartão de Crédito

O limite de crédito para compras parceladas nem sempre é o mesmo para as compras à vista. Isso, às vezes causa um pouco de confusão, principalmente quando existem 2 limites diferentes: um para compras parceladas e outros para aquelas efetuadas a vista.

Se não é padrão, na maioria dos cartões, dividir os limites entre avista/parcelado, existem ainda alguns outros cartões ainda possuem limites no valor das parcelas. Vamos tentar explicar melhor como funciona este limite parcelado, e como utilizá-lo.

O que é limite de crédito

Cartões de crédito podem ter diferentes tipos de limites, a maneira usada mais tradicional é o limite total de compras. Na fatura vem informando um valor, vamos ter como exemplo R$ 500.

Este é o valor máximo total das suas compras à vista ou parceladas. Sendo assim se você fizer uma compra de por exemplo R$ 300 independente do valor da parcela, o seu saldo disponível cai para R$ 200 e vai estabelecendo de acordo com os pagamentos das faturas seguintes.

Se por acaso você fizer 2 compras parceladas uma no valor de R$ 200 em 10 vezes e outra no valor de R$ 300 em 10 vezes, naquele mês não poderá realizar novas compras, mesmo à vista. E no mês seguinte, terá disponível somente R$ 50,00 de limite o equivalente ao valor pago das parcelas daquele mês. Restabelecendo de acordo com os pagamentos.

Limite por parcela

diferenca entre limites gera confusao

Diferença entre os tipos de limite do cartão geram dúvidas

Alguns cartões preferem fazer uma avaliação no poder de pagamentos mensais e ao invés de um limite total, disponibiliza um limite de parcelas, independente do valor total da compra.

Neste caso se o limite é de R$ 500.00 este é o seu limite de parcela ou compras a vista daquele mês. Se fizer uma compra no valor de 200 reais em 10 vezes, só compromete os R$ 20,00 da parcela, permanecendo R$ 480,00 para outras compras.

Meu cartão tem 2 limites. Porque?

Cartões de créditos podem ter 2 limites, um limite total para compras parceladas e outro limite rotativo para compras à vista e parcelas.

O limite total para compras parceladas representa o valor máximo da compra como por exemplo R$ 500, se fizer uma compra de R$ 300 reais em 10 vezes sem juros, o limite passa a ser de R$ 200 e irá se restabelecendo de acordo com o pagamentos realizados.

Já o valor da parcela de R$ 200,00 também é descontado do crédito rotativo, ou seja para as compras à vista, o limite rotativo era de R$ 1000. Agora até que todas as parcelas da compra sejam pagas, ele será de R$800, pois a parcela de R$ 200 está sendo considerada neste limite.

Como saber qual o limite utilizado pelo seu cartão

O modelo do limite utilizado é geralmente demonstrado na fatura, discriminando como crédito rotativo, crédito para compras parceladas ou limite de parcelas. Se houver somente um limite especificado como limite rotativo é porque o valor total das suas compras serão deduzidos deste limite, o crédito vai sendo estabelecido de acordo com o pagamento das parcelas.

Se não houverem compras parceladas, o limite total é restabelecido todos os meses, a menos que a fatura tenha sido negociada.

A recomposição dos limites deve acontecer sempre que a fatura é fechada, ou seja a data em que as compras são colocadas na fatura e a partir daquela data a compras serão cobradas no próximo vencimento. Não havendo compras parceladas nem negociação da fatura o limite restabelece totalmente.

Quando há compras parceladas o limite vai restabelecendo mês a mês até que a compra total seja paga, para alguns o valor da parcela também fica bloqueado no crédito rotativo

Para não ficar sem saldo à vista não faça parcelas muito altas, pois elas irão deduzir diretamente do seu saldo e só serão liberadas após a cobrança da última parcela. Para evitar que isto aconteça, planeje bem as compras parceladas e combine com o valor que precisa para o limite a vista todos os meses.

[/caption]

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *