Em quais Bancos Posso Pagar o GPS/INSS? Como Preencher?

O GPS é a Guia da Previdência Social, um documento que é utilizado para o pagamento do INSS. O Seguro Social garante ao contribuinte a possibilidade de aposentadoria, pensão por morte, auxílio doença, maternidade, etc. O GPS pode ser pago diretamente pela empresa onde o contribuinte trabalha, sendo descontado do salário, ou pode ser pago mesmo individualmente.

O GPS serve não só para pagar a previdência, mas outros tributos também de contribuição para o governo. Segundo o site da Receita, deve ser pago nos bancos conveniados, casas lotéricas, correspondentes bancários ou por débito em conta por meio de aplicativos oferecidos pelos bancos. Diversos bancos são conveniados, como o Santander e Banco do Brasil. Saiba como preencher o documento e a relação de todos os bancos conveniados abaixo.

Como pagar o GPS?

Como mencionado, o GPS é o documento pelo qual podemos realizar o pagamento do tributo devido ao INSS, para recebermos benefícios futuros. Ele é um documento que podemos preencher a realizar o pagamentos nos bancos conveniados, além dos outros locais como as casas lotéricas e correspondentes bancários. Também é possível fazer o pagamento por aplicativos dos bancos.

Você pode emitir o seu GPS clicando aqui. O site do Sistema de Acréscimos Legais tem como objetivo realizar os cálculos das contribuições devidas em relação a previdência, em atraso ou não. Tem como público empresas, órgãos públicos, contribuintes individuais, segurados especiais, empregado doméstico e facultativo. 

Como preencher a guia?

Para preencher o GPS você precisa inserir os dados corretamente para computar o pagamento. No Campo 1, é necessário colocar os dados de identificação do contribuinte, que são o nome completo e endereço. No Campo 2, irá inserir o código de pagamento. Existe uma relação de códigos para casa tipo de contribuinte. Por exemplo, o Contribuinte Individual, com Recolhimento Mensal e NIT/PIS/PASEP, tem o código 1007. Já o Contribuinte Individual com Recolhimento Trimestral possui código 1104.

O Campo 3 é referente a Competência, com a informação no formato MM/AAAA da competência objeto do recolhimento. O Campo 4 é mais um identificador do contribuinte, em que deve ser inserido o número do CNPJ / CEI / NIT / PIS ou PASEP do contribuinte.

No Campo 5 deve-se ter cuidado ao inserir o valor a ser pago, devido a Previdência Social pelo contribuinte, já considerados os valores de eventuais compensações e deduções (salário-família e salário-maternidade). O próximo Campo campo é referente ao valor a mais que ser a pago à outras entidades, por empresas.

Pode-se também inserir as informações que são as multas, juros e outros valores devido à atrasos. Estes dois últimos campos mencionados não estão disponíveis para GPS em códigos de barras. Após isso, coloque o valor total.

Saiba como pagar o GPS\INSS.

Saiba como realizar o preenchimento do GPS e paga-lo.

Quais são os bancos conveniados?

Como mencionado, o GPS só pode ser pago nos bancos que são conveniados. São eles o Banco do Brasil S/A, Banco da Amazônia S/A, Banco do Nordeste do Brasil S/A, Banco Santander (Brasil) S/A, Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A, Caixa Econômica Federal, Banco Agiplan S/A, Banco Original S/A, Banco Bradesco S/A, Itaú Unibanco S/A, Banco Mercantil do Brasil S/A, dentre muitos outros. Para consultar a relação completa dos bancos conveniados, clique aqui.

Também é possível pagar o tributo pelos aplicativos disponibilizados pelos bancos. O Banco do Brasil, por exemplo, possui o GPS BB, que permite que o cliente possa realizar o pagamentos dos tributos por meio de débito automático agendado em sua conta. O aplicativo BB GPS permite ao cliente a geração do documento de GPS que deve ser transmitido para o Banco, controle dos pagamentos, crítica dos campos da GPS e impressão da guia liquidada com autenticação eletrônica em modelo aceito pela Receita Federal do Brasil. A transmissão e recepção dos arquivos são feitas por meio do Gerenciador Financeiro.

O aplicativo do BB possui diversas funcionalidades para o cliente, como cadastramento do contribuinte, manutenção a armazenamento das guias GPS a serem liquidadas, etc. Ademais, ele permite que o pagamento seja feito com mais facilidade, rapidez, sem precisar de ir ao Banco. E, ainda, de modo mais confiável e seguro.

Já a Caixa permite o pagamento eletrônico, pelo pagamento das guias geradas polo Sistema Empresa de Recolhimento do FGTS e Informações à Previdência Social (SEFIP). Neste caso deve-se possuir uma assinatura eletrônica, e o pagamento será feito mediante o débito em conta. Também pode-se pagar pela Internet, por meio do  Internet Banking Caixa​.

Nas casas lotéricas o pagamento pode ser feito até o limite de R$ 1.000,00. Outras opções são pelo autoatendimento e débito automático em conta.

[/caption]

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *