O Que é Uma Cooperativa de Crédito? Vale a Pena Abrir a Conta?

O cooperativismo é um conceito que se refere à colaboração entre pessoas que possuem um interesses em comum, a fim de beneficiar a todos. Os cooperados trabalham em união e de forma voluntária para atingirem os seus objetivos. E, este conceito de cooperativismo aplica-se às cooperativas de crédito, como princípio de suas atividades. Estas instituições financeiras prestam serviços aos seus cooperados, que são tanto donos quanto clientes da empresa, disponibilizando empréstimos, contas, financiamentos, investimentos, etc.

Como as cooperativas de crédito funcionam e prosperam devido aos seus associados e são instituições que não visam lucro, o resultado positivo advindo das operações anuais são repartidos com os cooperados, de acordo com a participação de cada um na empresa. Porém, caso a instituição passe por perdas e tenha prejuízos, estes também serão distribuídos entre todos. Ademais, as cooperativas também oferecem à sua comunidade serviços personalizados, algo muito benéfico para todo cliente bancário. Par analisar se vale a pena aderir à uma cooperativa, deve-se levar em conta alguns aspectos característicos relativos à estas, confira-os abaixo.

Antes de decidir-se se realmente vale a pena aderir a uma cooperativa de crédito, é preciso primeiro entender como esta instituição financeira funciona. As cooperativas oferecem serviços e produtos característicos de bancos, como contas-corrente, empréstimos, financiamentos, investimentos, dentre outros. E, todos estes serviços são oferecidos exclusivamente aos cooperados, pessoas que são associadas à cooperativa, sendo tanto donos da instituição quanto clientes desta.

Quais são as vantagens?

Cada cooperado possui uma cota da empresa, adquirida por meio de um pequeno investimento. E, independente da participação no capital da instituição, todos os associados possuem os mesmos direitos e possibilidade de voto, relativos às decisões tomadas na cooperativa.

Enquanto as instituições financeiras e bancos visam o lucro obtido nas operações financeiras de seus clientes, as cooperativas priorizam o associado, visto que estas instituições não privilegiam os ganhos. Por isso, os serviços oferecidos são sempre personalizados, visando o benefício do indivíduo.

Conheça as cooperativas de crédito

O Sicoob é o maior sistema financeiro de cooperativas do Brasil.

Como as cooperativas não priorizam o lucro, eles se referem aos ganhos anuais como sobras. Estes valores, isentos de tributos, são levantados no Demonstrativo de Resultados, ao final do ano. Todos estes valores resultantes das movimentações anuais são repartidos entre os cooperados, de forma que todos ganham. Comumente, as quantias são retornadas aos associados por meio de redução de taxas, tarifas, dentre outros valores que comumente são cobrados nos serviços bancários.

Além das vantagens já mencionadas, de redução de custos e também voz ativa nas decisões da instituição financeira como um dono, também pode-se usufruir de investimentos com rendimentos superiores ao restante do mercado. Isto ocorre pois, como as cooperativas são instituições sem fins lucrativos, elas são isentas de tributação, o que reflete nos rendimentos e lucro dos associados.

Vale a pena participar de uma cooperativa?

Como mencionado, os indivíduos associados a uma cooperativa de crédito podem usufruir de diversos benefícios, como taxas de juros reduzidas, investimentos com mais rendimento, atendimento personalizado e voz ativa nas decisões da instituição. Estes são benefícios muito bons para pessoas que utilizam os serviços bancários constantemente e ainda realizam investimentos.

Porém, também é preciso ter em mente que, caso a cooperativa passe por um ano ruim e tenha prejuízos, estes também serão repartidos aos associados, e eles podem ter juros maiores e tarifas acrescidas.

Logo, é preciso analisar se realmente há a necessidade de se afiliar à uma cooperativa e se ela irá trazer benefícios. Como as sobras são repartidas de acordo com a participação do indivíduo, os que possuírem cotas pequenas podem não obter muitas vantagens. Assim, recomenda-se afiliar às cooperativas quando pretende-se realizar investimentos e comprar cotas significativas, aumento os ganhos tanto pessoais quanto do restante dos associados.

Ainda, só irá valer a pena associar-se a uma cooperativa caso seja escolhida uma que se adeque ao seu ramo de negócios ou profissional. Por exemplo, existem cooperativas para produtores rurais, funcionários públicos, aposentados, comerciantes, prestadores de serviços, microempreendedores individuais, dentre outras.

Caso decida por optar por uma cooperativa de crédito, um sistema muito popular no Brasil é o Sicoob, que atualmente possui mais de 4 milhões de cooperados. Ele é a junção de diversas cooperativas, que oferecem aos seus donos e associados cartões, previdência, consórcios, dentre outros serviços e produtos.

[/caption]

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *