Em novembro de 2019 o anco Central do Brasil determinou certas mudanças no que se trata