Quem Paga a Tarifa de TED e DOC?

Quando precisamos transferir uma quantia de dinheiro para uma outra conta, seja do mesmo banco ou não, podemos utilizar o depósito, DOC, TED, cheques, etc. O DOC e o TED são os meios mais comuns nos Internet Bankings e nos aplicativos, pois são operações fáceis e rápidas de serem feitas, para contas correntes, poupanças, salário, dentre outras. Porém, tanto o DOC quanto o TED são operações que possuem custos, que são repassados ao cliente do banco.

O TED é a Transferência Eletrônica Disponível. Nela, o dinheiro sai da conta de origem e cai na conta destinatária no mesmo dia útil. Por isso, os custos do TED são maiores, já que é feito com imediatismo. Já o DOC, Documento de Ordem de Crédito, é a transação que cai em até 48 horas na conta destino.

Comumente, os bancos convencionais cobram os clientes por estas transações, e quem paga pela transferência TED ou DOC é quem envia o dinheiro. Quem recebe não paga nada por ela. Este valor, além de fazer com que os lucros dos bancos cresçam, será usado para manter a estrutura pesada com que os bancos tradicionais operam. Contudo, os bancos digitais surgiram com opções de contas isentas destas taxas. Confira abaixo mais sobre.

Como não pagar TED e DOC

Como dito acima, as tarifas de TED e DOC são cobradas a possuintes de contas correntes convencionais que utilizam este tipo de serviço. Comumente, todos os bancos convencionais cobram por esse serviço. Deve-se apenas atentar para quais são as quantias, já que são diferentes em cada instituição e a dependendo do canal que a transação ocorre.Transferências efetuadas em canais eletrônicos como internet banking , aplicativo ou caixa eletrônico são mais baratas que serviços pessoais, nas agências.

Clicando aqui, pela ferramenta Star da Febraban, consegue-se comparar e consultar os resultados de tarifas referentes a cada banco e instituição financeira. Nós também já publicamos uma tabela com as tarifas de cada banco.

Contudo, existem opções de contas em que os clientes não pagam DOC ou TED ou que pagam um valor bem abaixo da média. Antes, apenas os bancos digitais ofereciam estes serviços. Porém, com o aumento da demanda e competitividade neste setor, os bancos convencionais começaram a oferecer este tipo de serviço, mediante algumas condições.

Inter e Nubank são dois exemplos que não possuem tarifas para TED e DOC

O Banco Inter é um que oferece transferências entre contas Banco Inter e transferências para outros bancos gratuitas, além de outros serviços que também não são cobrados. Pelo Aplicativo ou Internet Banking você consegue controlar todas as suas transações, extratos, saldo, dentre outros aspectos, de forma online.

Para abrir sua conta digital gratuita no Inter, clique aqui. Insira seu nome, e-mail, telefone e CPF. Uma conta corrente será aberta, e basta efetuar um depósito de R$100,00 nela para que seu cartão seja enviado.

No Nubank, por meio da NuConta, você também desfruta de transferências gratuitas e ilimitadas. Além de enviar e receber dinheiro em tempo real para outras NuContas, ainda há a possibilidade de se fazer transferências agendadas e TEDs gratuitos para todos os bancos. Para solicitá-la, é necessário ser maior de 18 anos e possuir um smartphone compatível com o aplicativo.

Para abrir a NuConta, é muito fácil. Clique aqui e selecione “Abrir minha NuConta” no canto superior direito da tela. Insira seu nome completo, CPF e e-mail na janela que irá abrir. Mesmo quem teve o cartão de crédito negado pelo Nubank ou está negativado pode solicitar a NuConta. Se todos os dados cadastrados estiverem corretos, em alguns dias você receberá sua confirmação.

Outros bancos, como o Banco do Brasil, Itaú e o Bradesco, possuíam contas digitais, como o Itaú. Porém, estas opções foram encerradas para novas adesões e somente quem já utilizava estas pacotes pôde continuar com o benefício. Felizmente, outras instituições têm oferecido este serviço, a fim de expandir o mercado, que vem ficando cada vez mais acirrado.

Além da gratuidade de realização de DOCs e TEDs, os bancos digitais costumam ter outros diferenciais, como isenção de anuidade, tarifas, aplicativos funcionais, dentre outras opções. Por isso, sempre pesquise e opte pela opção que melhor lhe atende. Caso esteja a procura de isenção de tarifas de transferências, os bancos digitais são essa opção.

[/caption]

Deixe sua mensagem

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *